Fim do sinal analógico de TV em SP acontece em 29 de março

O presidente da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Juarez Quadros, confirmou nesta terça-feira (31), que o desligamento do sinal analógico de TV em São Paulo e mais 38 cidades do entorno está mantido para 29 de março. A confirmação veio após o resultado da pesquisa do Ibope, divulgada na segunda-feira (30), que revelou que 86% dos domicílios da capital paulista já estão aptos para receber o sinal digital. A pesquisa apontou também que 98% das pessoas já ouviram falar do sinal digital de TV e 88% das famílias têm conhecimento que o sinal analógico será totalmente desligado.

A Seja Digital (empresa responsável pelo desligamento do sinal analógico de TV no Brasil) havia solicitado ao governo que adiasse o desligamento para 30 de agosto, por causa do atraso na entrega dos conversores que adaptam o sinal analógico para digital nas televisões de tubo, destinados às famílias carentes.

Mas, segundo afirmou Quadros na entrevista à imprensa, “a pesquisa superou todas as nossas expectativas. São Paulo está mais digitalizada que Brasília, dois meses antes do desligamento, por isso, não se discute mais a mudança da data. Tudo caminha para que o desligamento ocorra dentro do prazo previsto pela portaria do Ministério, que é 29 de março”.

De um total de 1,8 milhão de kits digitais a serem entregues em São Paulo, foram distribuídos até o momento 20%, sendo 3% na capital e o restante nas cidades do entorno. 1,5 milhão de kits com conversores digitais, antenas e cabos ainda deverão ser distribuídos para os beneficiários de programas sociais do governo federal, como, por exemplo, o Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e Luz para Todos. Para o presidente da Anatel, o foco agora é intensificar a distribuição desses kits digitais.

“Falta uma ação de distribuição maior dos kits na capital paulista, mas acreditamos que essa entrega será acelerada nos próximos dias. Aproveitamos para convidar a imprensa para ajudar na divulgação e esclarecimentos sobre quem tem direito ao kit e onde retirar o seu equipamento”, disse Quadros.

Os atrasos na definição das especificações dos conversores estão dificultando a entrega pelos fabricantes e a Seja Digital não terá equipamentos suficientes para atender as famílias. Também segundo a Seja Digital, com o desligamento em 29 de março, 800 mil kits ainda faltarão ser entregues e, no caso de haver reclamações de falta de conversores, não há como atender.

Entretanto, de acordo com o presidente da Seja Digital, Antonio Carlos Marteletto, mesmo que a distribuição dos kits não atinja os 100%, o desligamento em São Paulo não será prejudicado. “Nós estamos atrasados na entrega dos kits em relação a Brasília, porém a nossa meta é atingir pelo menos 50% das famílias cadastradas nos programas sociais do governo federal até o dia 29 de março”, disse Marteletto.

EAD pede também adiamento no Nordeste 

Sobre o restante do cronograma, Quadros disse que o assunto foi discutido durante a reunião do Gired (grupo que conduz a transição da TV analógica para a digital), na manhã desta terça-feira (31) e que as teles solicitaram novamente uma revisão no cronograma para Salvador (BA), Fortaleza (CE) e Recife (PE), porém “fica mantido o cronograma original, até o resultado das futuras pesquisas”.

Marteletto alegou que adiar o desligamento no Nordeste ajudaria na distribuição dos kits. “Já efetuamos a compra de mais de 5 milhões de equipamentos, mas existe um problema operacional. Com o adiamento, conseguiremos entregar todos os kits sem que nenhuma família fique prejudicada com o desligamento do sinal analógico”, argumenta.

Na próxima reunião do Gired, marcada para 20 de fevereiro, novos resultados da pesquisa de aferição em São Paulo serão apresentados.

Acessos: 961 vezes Última modificação em Quarta, 22 Fevereiro 2017 08:37
Avalie este item
(0 votos)

Itens relacionados (por tag)

  • Goiânia prepara população para fim do sinal analógico de TV

    Aproximadamente 3 milhões de moradores de Goiânia (GO) e de 28 municípios da região metropolitana devem estar preparados para a chegada do sinal digital de TV. O fim das transmissões analógicas está previsto para 31 de maio.

    Para garantir que a população dessas cidades vai continuar assistindo à sua programação na TV aberta e gratuita, a ABERT, a Associação Goiana de Emissoras de Rádio e Televisão (AGOERT) e a Seja Digital (empresa responsável pela digitalização do país) lançaram, nesta quarta-feira (15), a campanha sobre as medidas que devem ser adotadas para o desligamento do sinal analógico.

    Nessas cidades, os telespectadores já podem ver na TV as tarjas e cartelas com informações sobre a data do desligamento, além dos alertas de como o sinal da TV ficará se não houver a conversão do televisor para o sistema digital. De acordo com portaria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), 60 dias antes do desligamento, é obrigatória a divulgação de vídeos informativos.

    As emissoras devem manter fixa na tela a contagem regressiva 45 dias antes do fim do sinal analógico. Para o Diretor de Uso e Planejamento do Espectro da ABERT, Paulo Ricardo Balduino, o lançamento da campanha propiciou troca de informações e experiências entre as emissoras.

    “Foi uma grande oportunidade para as emissoras otimizarem os esforços nesse período final da campanha de desligamento”, ressaltou. Balduino apresentou o cronograma e explicou sobre as várias fases do processo de digitalização da TV no país, além de destacar as atividades de divulgação da ABERT. “Como sempre os esforços de todos é assegurar que o cronograma seja cumprido e que o índice de 93% da população digital seja atingido até a data do desligamento”, disse.

    O diretor técnico da ABERT, André Cintra, também participou do evento e fez um balanço positivo da reunião: “Foi muito importante, pois deu um pontapé inicial para incentivar as emissoras locais na divulgação do processo de desligamento em Goiânia e municípios vizinhos”.

    De acordo com a diretora de Comunicação da Seja Digital, Patrícia Abreu, mais de 100 mil kits serão distribuídos na região metropolitana de Goiânia para as famílias beneficiárias de programas sociais do governo federal. “Já distribuímos 22 mil kits, o que representa quase 10% do total. A partir de agora, com a ajuda de campanhas e da divulgação na mídia, queremos intensificar esta distribuição para chegar com 100% dos kits distribuídos até maio”, disse.

    O gerente de Engenharia e Tecnologia da TV Anhanguera, Carlos Cauvilla, destacou o processo de desligamento em Rio Verde (GO), primeira cidade do país a ter somente o sinal digital. Ele fez um balanço das ações realizadas pela emissora no processo de transição na capital goiana e no interior. “É imensurável o tanto que a qualidade de som e imagem de TV é superior no sinal digital, que já é uma realidade no estado de Goiás”, afirmou.

    Confira aqui as cidades que terão o sinal analógico totalmente desligado em 31 de maio.

    Os beneficiários de programas sociais que têm direito ao kit devem ligar gratuitamente para 147, ou acessar www.sejadigital.com.br para agendar a retirada do equipamento no local mais próximo.

     

  • AVISO DE PAUTA - Emissoras de Goiás lançam campanha para desligamento da TV analógica

    A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio de Televisão (ABERT), a Associação Goiana de Emissoras de Rádio e Televisão (AGOERT) e a Seja Digital (empresa responsável pelo desligamento da TV analógica no Brasil) lançam oficialmente a campanha de desligamento do sinal analógico em 29 municípios goianos em uma coletiva à imprensa, marcada para a próxima quarta-feira (15), em Goiânia (GO).

    Com o desligamento do sinal analógico previsto para o dia 31 de maio, as emissoras de televisão de Goiânia e de outras 28 cidades, incluindo Região Metropolitana e Anápolis, já estão veiculando alertas, tarjas e cartelas em sua programação. As iniciativas atendem às determinações da Portaria 378/2016 do Ministério das Comunicações, que prevê inserções para alertar a população sobre a futura mudança.

    A TV digital aberta e gratuita, com melhor qualidade de som, imagem e sem chuviscos, já está disponível nas cidades que fazem parte da primeira fase do desligamento em Goiás. Mas a população precisa se preparar para receber o novo sinal, instalando conversores e antenas digitais nos aparelhos de televisão.

    Famílias beneficiárias de programas sociais do Governo Federal têm direito a receber, gratuitamente, kits digitais, com conversor, antena, cabos, controle e conectores. A Seja Digital irá distribuir 266 mil kits nas cidades goianas.

    Serviço
    Coletiva à imprensa - Goiânia
    Data: 15/02/2017
    Hora: 10h
    Local: Salão de Eventos do Grupo Jaime Câmara - Rua Thomas Edson nº 400, Quadra 7, Setor Serrinha - Goiânia/Goiás

  • TV Digital: 38 mil kits gratuitos para Aparecida de Goiânia

    A população de Goiânia (GO) e de cidades vizinhas já está se preparando para receber somente o sinal digital de TV a partir de 31 de maio. Em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana, por exemplo, 38 mil famílias beneficiárias dos programas sociais do governo federal receberão um kit gratuito com conversor, antena e controle remoto. A distribuição dos kits é responsabilidade da Seja Digital (empresa administradora da digitalização da TV no país).

    As famílias cadastradas no Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, e demais programas sociais do governo federal (CadÚnico) devem retirar o seu kit na agência dos Correios.

    Além da capital, também passarão a receber somente o sinal digital, com a imagem mais limpa e sem chuviscos, outras 28 cidades goianas, como: Abadia de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Anápolis, Aragoiânia, Bela Vista de Goiás, Bonfinópolis, Brazabrantes, Caldazinha, Campo Limpo de Goiás, Caturaí, Goianápolis, Goianira, Guapó, Hidrolândia, Inhumas, Itauçu, Leopoldo de Bulhões, Nerópolis, Nova Veneza, Ouro Verde de Goiás, Pirenópolis, Santa Bárbara de Goiás, Santo Antônio de Goiás, Senador Canedo, Teresópolis de Goiás e Trindade.

    Mais informações, pelo número 147, ou no site www.sejadigital.com.br

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.