NOTA À IMPRENSA

logo atual2014 BRANCO

NOTA À IMPRENSA

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) condena a agressão sofrida pela repórter Larissa Calderari, nesta sexta-feira (17), enquanto fazia uma transmissão ao vivo para o programa CBN Total.

Larissa estava em frente à sede dos Correios, nas proximidades do Vale do Anhangabaú, em São Paulo (SP), quando, ao ler a reportagem no celular da rádio teve um outro aparelho arrancado de suas mãos por um homem que passou correndo pelo local.

Assustada com o furto, a repórter não conseguiu terminar a matéria.

A ABERT repudia todo tipo de violência contra o cidadão, em especial, jornalistas no exercício da profissão, e pede às autoridades locais mais segurança para a imprensa e a apuração do ocorrido.

A ABERT é uma organização fundada em 1962, que representa 3,6 mil emissoras privadas de rádio e televisão no país, e tem por missão a defesa da liberdade de expressão em todas as suas formas.

Acessos: 207 vezes Última modificação em Sexta, 17 Fevereiro 2017 16:57
Avalie este item
(0 votos)

Itens relacionados (por tag)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.