Menu

Imprensa-250x250abertJuridica 250x2501novoParlamentar 250x250Assessoria Técnica

FacebookTwitterGoogle BookmarksLinkedin

Rádios de MT e MS assinam contrato para funcionar em FM

Trinta e seis emissoras de rádio, sendo 13 de Mato Grosso (MT) e 23 de Mato Grosso do Sul (MS), assinaram na segunda-feira (24), os termos aditivos de adaptação das outorgas para a migração do AM para o FM.

O evento na Prefeitura de Campo Grande (MS) contou com a presença maciça de radiodifusores locais, do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, da secretária de Radiodifusão Vanda Nogueira e dos presidentes das associações estaduais de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul, Rosário Congro Neto (AERMS) e Moisés Braz de Proença (AMERT).

Também presente à solenidade, o diretor de Rádio da ABERT, André Cintra, esclareceu dúvidas dos radiodifusores sobre os próximos passos da migração.

A assinatura do termo aditivo é uma das últimas etapas do processo. A partir de agora, as emissoras devem apresentar o projeto de instalação do local e do uso da radiofrequência.

Além de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o mutirão já passou por Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, São Paulo e Paraíba. Cerca de 550 emissoras de rádio já assinaram o contrato para a nova outorga.

O MCTIC vem realizando uma maratona pelo país para finalizar a primeira fase do processo até o fim deste ano. Das 1781 emissoras de rádio AM existentes no país, 1439 solicitaram a mudança e 1050 já foram contempladas com o canal na faixa de FM. As outras emissoras irão migrar após o desligamento da TV analógica, quando serão liberadas as faixas 5 e 6, hoje ocupadas pelas TVs.

Última modificação emSexta, 28 Julho 2017 09:34
voltar ao topo

Mais recentes

Mais acessadas

rss

 

SiteLock