TV digital já é realidade em São Paulo e Região Metropolitana
0800.940.2104

Telefone

abert@abert.org.br

E-mail

ABERT.RadioeTV

Facebook

@abertbr

Twitter

Sexta, 31 Março 2017 10:48

TV digital já é realidade em São Paulo e Região Metropolitana

Escrito por

A população de São Paulo (SP) e de outras 38 cidades da Região Metropolitana já está na era digital. Desde a 23 horas e 59 minutos de quarta-feira (29), a TV analógica faz parte do passado destes municípios.

Aproximadamente 22 milhões de paulistas, cerca de 7 milhões de domicílios, têm agora apenas o sinal digital de TV. Com o novo sinal, o telespectador tem uma imagem mais nítida, livre de ruídos e chuviscos.

Nos próximos 30 dias, as emissoras de TV deverão transmitir uma cartela fixa com a mensagem de alerta de que o desligamento analógico já ocorreu e informando os telespectadores sobre como sintonizar o canal digital.

O presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, disse, durante a assinatura da portaria que autorizou o desligamento do sinal analógico nas 39 cidades do estado de São Paulo, que o encerramento das transmissões analógicas nessa região foi mais uma etapa vencida para o setor de radiodifusão. “São Paulo foi um grande desafio, por ser a região mais populosa do país, porém, é importante ressaltar que há muito a fazer. O Brasil é muito grande e muito diverso”, disse.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) Gilberto Kassab também ressaltou esse momento emblemático para a radiodifusão. “A televisão, que é o grande instrumento de entretenimento do brasileiro, com um conteúdo de muita qualidade e reconhecido em todo país, passará agora a oferecer um sinal de qualidade e imagem. Isso é muito positivo. Hoje, temos plena convicção de que as pessoas estão preparadas. Quem tinha uma TV que não recebia o sinal digital pegou o conversor e quem ainda não retirou, deve ligar e agendar para pegar o seu conversor nos próximos dias”, afirmou.

De acordo com a pesquisa realizada pelo IBOPE e divulgada na segunda-feira (27), o percentual de residências digitalizadas atingiu o mínimo necessário definido pelo governo, de 90%, para que efetivamente ocorresse o desligamento do sinal analógico de TV na região.

Cerca de 1,1 milhão de kits digitais (antena, conversor e cabos) foram entregues à população de baixa renda. O total de kits previstos para distribuição nos 39 municípios é de 1,9 milhão. Outros 850 mil kits ainda deverão ser entregues, já que a Seja Digital (empresa responsável pela transição para o digital) tem o compromisso de continuar a distribuição, mesmo depois do fim do sistema analógico.

Durante a reunião do Gired (grupo formado por representantes das TVs, Telcos, Anatel e MCDIC), os representantes da ABERT concordaram com o desligamento, mas manifestaram preocupação com as 850 mil famílias de São Paulo que ainda não receberam os equipamentos, já que são residências de baixa renda, que têm na TV aberta, livre e gratuita, o único meio de serviços, entretenimento e notícias.

Goiânia (GO) e 28 cidades do entorno serão os próximos municípios que terão o sinal analógico desligado, no dia 31 de maio. Até o momento, 45% dos 277 mil kits previstos já foram entregues.

No mês de julho está previsto o desligamento nas capitais Salvador (BA), Fortaleza (CE), Belo Horizonte (MG), Recife (PE) e em outras dezenas de cidades destes estados. São mais de 17,3 milhões de pessoas, com cerca de 5,4 milhões de residências. Já para as famílias de baixa renda pertencentes aos programas sociais do governo federal serão destinados 2,1 milhões de kits.

Em Rio Verde (GO), Brasília e cidades do entorno do Distrito Federal, o sinal digital também já é uma realidade.

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF
+55 61 2104-4600
abert@abert.org.br