Comissão do Judiciário vai analisar casos sobre liberdade de imprensa
0800.940.2104

Telefone

abert@abert.org.br

E-mail

ABERT.RadioeTV

Facebook

@abertbr

Twitter

Quinta, 04 Maio 2017 11:45

Comissão do Judiciário vai analisar casos sobre liberdade de imprensa

Escrito por

Durante a 9ª edição do Fórum Liberdade de Imprensa e Democracia, a presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, Cármen Lúcia, anunciou a instalação da Comissão Nacional do Poder Judiciário e Liberdade de Imprensa.

A comissão quer garantir ao jornalista a liberdade de imprensa, acompanhando de perto os casos de cerceamento ao profissional de comunicação por parte do Judiciário. O órgão funcionará no CNJ e contará com representantes do Judiciário, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da ABERT e da Associação Nacional de Jornais (ANJ).

“A ideia dessa comissão foi do ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa. Com isso, saberemos, com mais exatidão, quais problemas de cerceamento da imprensa podem estar ligados ao poder Judiciário”, concluiu a ministra.

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF
+55 61 2104-4600
abert@abert.org.br