Menu

Imprensa-250x250abertJuridica 250x2501novoParlamentar 250x250Assessoria Técnica

mobiabert streaming banner web final

FacebookTwitterGoogle BookmarksLinkedin

Linha de crédito disponível para rádios migrantes de SC

As emissoras catarinenses em processo de migração do AM para FM agora têm uma linha de crédito disponível. A parceria foi assinada na quinta-feira (28), em Florianópolis (SC), pelos presidentes da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACAERT), Marcello Corrêa Petrelli, e da Agência de Fomento de Santa Catarina (BADESC), José Claudio Caramori.

A “Badesc Fomento”, como é chamada a linha de crédito, pode atender projetos de R$ 250 mil a R$ 5 milhões. O financiamento poderá ser usado para pagamento do boleto de adaptação de outorga, renovação do parque transmissor, treinamento da equipe e compra de equipamentos.

As condições de pagamento são facilitadas, com uma carência de até 18 meses e 8 anos de prazo para a quitação do financiamento. Emissoras que fizeram a migração nos últimos 12 meses também poderão ter acesso ao crédito para recomposição dos investimentos.

“Com a assinatura do termo, o crédito já está disponível para todas as emissoras interessadas”, disse Caramori.

As rádios que desejam ter acesso ao crédito terão que apresentar o projeto da migração ao BADESC. Com a documentação aprovada, o financiamento deve ser liberado em 90 dias. O BADESC vai disponibilizar profissionais para atendimento personalizado, com visita às emissoras.

“A migração exige um investimento importante das emissoras, que terão mais segurança com essa linha de crédito. O setor se sente valorizado e fortalecido, ajudando a imprensa regional e, consequentemente, o estado”, afirmou Petrelli.

Mais de 100 emissoras solicitaram a migração em Santa Catarina. Ao todo, 21 já estão operando em FM, 19 estão em processo de migração e outras 60 terão que esperar o desligamento da TV analógica para migrar para a faixa estendida de FM. Em Florianópolis, Blumenau e Joinville, o desligamento da TV analógica já tem data definida. Na capital, a previsão é 31 de janeiro de 2018.

voltar ao topo

Mais recentes

Mais acessadas

rss

 

SiteLock