Linha de crédito disponível para rádios migrantes de SC
0800.940.2104

Telefone

abert@abert.org.br

E-mail

ABERT.RadioeTV

Facebook

@abertbr

Twitter

Sexta, 29 Setembro 2017 11:41

Linha de crédito disponível para rádios migrantes de SC

Escrito por

As emissoras catarinenses em processo de migração do AM para FM agora têm uma linha de crédito disponível. A parceria foi assinada na quinta-feira (28), em Florianópolis (SC), pelos presidentes da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACAERT), Marcello Corrêa Petrelli, e da Agência de Fomento de Santa Catarina (BADESC), José Claudio Caramori.

A “Badesc Fomento”, como é chamada a linha de crédito, pode atender projetos de R$ 250 mil a R$ 5 milhões. O financiamento poderá ser usado para pagamento do boleto de adaptação de outorga, renovação do parque transmissor, treinamento da equipe e compra de equipamentos.

As condições de pagamento são facilitadas, com uma carência de até 18 meses e 8 anos de prazo para a quitação do financiamento. Emissoras que fizeram a migração nos últimos 12 meses também poderão ter acesso ao crédito para recomposição dos investimentos.

“Com a assinatura do termo, o crédito já está disponível para todas as emissoras interessadas”, disse Caramori.

As rádios que desejam ter acesso ao crédito terão que apresentar o projeto da migração ao BADESC. Com a documentação aprovada, o financiamento deve ser liberado em 90 dias. O BADESC vai disponibilizar profissionais para atendimento personalizado, com visita às emissoras.

“A migração exige um investimento importante das emissoras, que terão mais segurança com essa linha de crédito. O setor se sente valorizado e fortalecido, ajudando a imprensa regional e, consequentemente, o estado”, afirmou Petrelli.

Mais de 100 emissoras solicitaram a migração em Santa Catarina. Ao todo, 21 já estão operando em FM, 19 estão em processo de migração e outras 60 terão que esperar o desligamento da TV analógica para migrar para a faixa estendida de FM. Em Florianópolis, Blumenau e Joinville, o desligamento da TV analógica já tem data definida. Na capital, a previsão é 31 de janeiro de 2018.

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF
+55 61 2104-4600
abert@abert.org.br