Começa o desligamento escalonado do sinal analógico de TV no Rio de Janeiro
0800.940.2104

Telefone

abert@abert.org.br

E-mail

ABERT.RadioeTV

Facebook

@abertbr

Twitter

Segunda, 23 Outubro 2017 17:08

Começa o desligamento escalonado do sinal analógico de TV no Rio de Janeiro

Escrito por

Desde a meia-noite de quarta-feira (25), o sinal analógico de TV está sendo desligado de forma escalonada na cidade do Rio de Janeiro (RJ) e em outros 18 municípios fluminenses. O fim das transmissões analógicas está previsto, em definitivo, para 22 de novembro.

Embora o município do Rio de Janeiro tenha alcançado os 90% de domicílios digitalizados, conforme estabelecido pelo governo, algumas cidades vizinhas não atingiram essa meta. De acordo com a legislação, é possível iniciar o desligamento, principalmente com retransmissoras, acompanhado por um intenso trabalho de comunicação. A expectativa é que na primeira quinzena de novembro tenha início uma nova pesquisa de aferição, cuja publicação deverá acontecer em 21 de novembro. Atingida a meta de 90%, todos os canais de televisão analógica serão desligados. As pesquisas e previsões realizadas pelo Ibope, com finalidade gerencial, indicam forte possibilidade de que esse cenário se realize.

Na segunda-feira (23), após pesquisa do Ibope apontar que o conjunto de municípios que formam a região metropolitana do Rio de Janeiro (19 cidades) não atingiu o mínimo de 90% dos domicílios aptos a receber o sinal digital de televisão terrestre e aberta, como previsto na Portaria 378/2016 do Ministério das Comunicações, o Gired (grupo responsável pela coordenação da implantação da TV digital no Brasil) decidiu colocar em prática essa estratégia, com o objetivo de estabelecer o fim das transmissões analógicas na região. 

De acordo com a pesquisa do Ibope, apenas 86% dos domicílios dos 19 municípios do Rio de Janeiro estão aptos a receber o sinal digital.

O diretor geral da ABERT, Luis Roberto Antonik, defende o desligamento escalonado. "É indispensável que seja assim para não  desacreditar todo o processo, já que grande parte da população dos municípios abrangidos fez sacrifícios para digitalizar seus aparelhos de televisão, seja trocando os aparelhos ou adquirindo adaptadores. Já os seis municípios que formam o conjunto de Vitória e que atingiram os 90% de domicílios com acesso ao sinal digital, terão todas as suas geradoras e retransmissoras de televisão apagadas dentro do cronograma, tendo apenas o sinal digital de TV a partir dos primeiros segundos da quinta-feira (26)", afirma.

A entrega do kit digital gratuito continua nas cidades. De acordo com a Seja Digital (empresa responsável pelo desligamento da TV analógica no Brasil), no Rio de Janeiro, já foram entregues 923 mil equipamentos, com antenas, cabos e conversor. A previsão é que 1,2 milhão de kits sejam entregues aos beneficiários dos programas sociais do governo.

Os feirões digitais continuam ocorrendo em vários locais da região a ser desligada.

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF
+55 61 2104-4600
abert@abert.org.br