MCTIC inclui penalidade para operação fora de canal virtual
0800.940.2104

Telefone

abert@abert.org.br

E-mail

ABERT.RadioeTV

Facebook

@abertbr

Twitter

Segunda, 11 Dezembro 2017 08:50

MCTIC inclui penalidade para operação fora de canal virtual

Escrito por

As emissoras de TV e retransmissoras (RTVs) que operarem o serviço em canal virtual diverso daquele que foi aprovado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) serão penalizadas. Em portaria publicada em 29 de novembro, o MCTIC classifica a infração como grave, penalizando em 8 pontos a emissora.

Canal virtual

O canal virtual foi criado com a digitalização da TV, quando as emissoras operam nos dois sistemas por um tempo, um em cada canal: digital e analógico. Por exemplo: uma emissora que operava no canal 8 analógico de São Paulo, transmitia sua programação digital ao mesmo tempo no canal digital 31. Como essa “alocação” não tem lógica e varia em cada localidade, para facilitar a vida do telespectador, o MCTIC autorizou usar um “canal digital virtual”, no exemplo anterior, o 8.1.

Algumas TVs usaram desse artifício técnico para melhorar sua posição na grade e assim ganhar mais audiência, em desacordo com a regras do MCTIC. Para regular o uso do canal virtual, o Ministério publicou norma sobre o assunto e agora penaliza as emissoras que não cumprirem a regra.

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF
+55 61 2104-4600
abert@abert.org.br