Menu

Imprensa-250x250abertJuridica 250x2501novoParlamentar 250x250Assessoria Técnica

mobiabert streaming banner web final

FacebookTwitterGoogle BookmarksLinkedin

TV Digital chega a quase 4 milhões de moradores

A segunda quinzena de fevereiro será de novidades para mais de 3,8 milhões de brasileiros, quando está prevista a chegada da TV aberta digital em 59 cidades do país. Na próxima quarta-feira (21), o sinal analógico de TV será desligado em Ribeirão Preto, Franca e outros 43 municípios vizinhos a essas regiões, em São Paulo. Na semana seguinte, no dia 28, será a vez de  Florianópolis e quatro municípios de Santa Catarina, e de Juazeiro do Norte, Sobral e outras sete cidades cearenses.

Para que o fim das transmissões analógicas aconteça, uma portaria do governo federal determina que as cidades precisam ter no mínimo 90% dos domicílios prontos para receber o sinal digital de TV aberta. É fácil se preparar:

TV: Em geral, os aparelhos fabricados antes de 2011 não são digitais e precisarão de um conversor digital para receber o novo sinal. Televisores digitais recebem o sinal normalmente.

Conversores digitais: Os kits digitais compostos por conversor, antena e controle remoto estão sendo distribuídos gratuitamente para famílias que participam de programas sociais do governo federal, como o Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família e Luz para Todos. Para agendar a retirada é só ligar gratuitamente para o número 147.

Patrulha Digital: Estudantes voluntários do SENAI estão sendo capacitados para instalar os kits digitais. Eles percorrem as casas, ajudando as famílias na instalação do conversor, da antena e a sintonizar o canal de TV. O agendamento da visita também é feito pelo 147.

Feirão Digital: A Seja Digital, entidade responsável pela digitalização da TV em todo o Brasil, organiza, em parceria com lojas locais, feirões para venda de televisores e conversores com desconto.

Divulgação: Todos podem ajudar! Para que a campanha tenha força e todas as cidades atinjam a marca exigida de pelo menos 90% de domicílios adaptados para o sinal digital, é importante o boca a boca. Informar os vizinhos, familiares e amigos pode ajudar a campanha a se espalhar.

O desligamento do sinal analógico e a adaptação das residências para o sinal digital no Brasil é, segundo o presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, um exemplo a ser seguido. “O desligamento da TV no Brasil é um case internacional. Nossos engenheiros estão indo a diversos eventos internacionais para explicar como em um país desse tamanho, conseguimos esse sucesso de desligamento. Tenho orgulho em ajudar a escrever um pouco da história da telecomunicação brasileira”, diz.

Para o mês de março estão previstos desligamentos em Bauru (SP), Presidente Prudente (SP), São José do Rio Preto (SP) e São Luis (MA).

voltar ao topo

Mais recentes

Mais acessadas

rss

 

SiteLock