TV digital é realidade para quase um milhão de catarinenses
0800.940.2104

Telefone

abert@abert.org.br

E-mail

ABERT.RadioeTV

Facebook

@abertbr

Twitter

Quinta, 01 Março 2018 08:57

TV digital é realidade para quase um milhão de catarinenses

Escrito por

Florianópolis (SC) e outras seis cidades vizinhas já têm o sinal exclusivamente digital de TV desde os primeiros segundos desta quinta-feira (1º).

Quase um milhão de pessoas foram beneficiadas com imagens mais nítidas e livre de ruídos. Os kits digitais gratuitos, com antenas, conversor e cabos continuam sendo entregues à população de baixa renda. Dos 55 mil aparelhos previstos, 77% já foram entregues aos beneficiários de programas sociais do governo federal, como o Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família e Luz para Todos. Para agendar a retirada é só ligar gratuitamente para o número 147.

O sinal analógico em Florianópolis e nas cidades ao redor começou a ser desligado no início de fevereiro, quando o Gired, grupo responsável pela implantação da TV digital no Brasil, decidiu pelo desligamento escalonado da região.

No dia 14 de março, o desligamento acontece em Porto Alegre e mais 107 cidades do Rio Grande do Sul. Já em São Luís e outros 10 municípios do Maranhão, além de Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto, em São Paulo, o fim das transmissões analógicas acontece no dia 28 de março.
Durante a semana, o presidente do Gired e da Anatel, Juarez Quadros, esteve em São Luis para entregar os kits da TV digital aos cadastrados em programas sociais do governo.

A capital maranhense já conta com 92% dos domicílios aptos a receber o sinal digital, mas ainda faltam ser entregues mais de 100 mil kits. De acordo com portaria do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), o sinal analógico só deve ser desligado nas cidades que tenham, no mínimo, 90% dos domicílios preparados para receber o novo sinal.

Alteração de cronograma
Foi publicada no Diário Oficial da terça-feira (27) portaria do MCTIC que altera para 28 de agosto o desligamento da TV analógica em Juazeiro do Norte, Sobral e mais sete municípios cearenses.

Antes, porém, deverá ser feita nova pesquisa de aferição dos níveis de digitalização.

Patrulha Digital
Estudantes voluntários do SENAI estão sendo capacitados para instalar os kits digitais. Eles percorrem as casas, ajudando as famílias na instalação do conversor, da antena e a sintonizar o canal de TV. O agendamento da visita também é feito pelo 147.

No último fim de semana, as ações para ajudar a população a se preparar para o novo sinal continuaram em cidades que já tiveram a TV analógica desligada. Em Curitiba (PR), Ribeirão Preto e Franca, ambos em São Paulo, o movimento de moradores nos feirões digitais foi intenso. Televisores e kits conversores foram comprados a preços promocionais.

De acordo com o diretor de Projetos Especiais da TV Globo, André Dias, as campanhas continuam para que a população não seja prejudicada. "O importante é que 100% da população tenha acesso à TV aberta digital, única a oferecer notícias, serviços e entretenimento gratuitos", afirma ele.


Vídeos gratuitos alertam sobre desligamento

Para ajudar as emissoras de TV a cumprir as determinações do MCTIC e alertar a população sobre o processo, a ABERT preparou uma série de vídeos sobre o desligamento da TV analógica. As TVs podem veicular em sua programação cinco vídeos com download gratuito que explicam o que deve ser feito para que a TV aberta, única a oferecer ao telespectador notícias, serviços e entretenimentos gratuitos, tenha o sinal digital, com melhor qualidade de imagem e áudio (clique aqui para baixar).

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF
+55 61 2104-4600
abert@abert.org.br