Palestra internacional destaca radiodifusão e desafios tecnológicos
0800.940.2104

Telefone

abert@abert.org.br

E-mail

ABERT.RadioeTV

Facebook

@abertbr

Twitter

Quarta, 22 Agosto 2018 14:35

Palestra internacional destaca radiodifusão e desafios tecnológicos

Escrito por

A quarta-feira (22), dia de palestras do 28º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, começou com o painel internacional “Os desafios da regulação impostos pela tecnologia”. O americano Gordon Smith, presidente e CEO da National Association of Broadcasters (NAB), mostrou como a evolução das novas tecnologias e formas de comunicação podem ser utilizadas a favor da radiodifusão.

“Vemos o incrível poder de convergência entre radiodifusão e banda larga. As gerações Y e Z estão liderando essa mudança. Muitos estão vendo oportunidade de crescer como nunca antes. Temos que acreditar e investir nesse ambiente virtual, capitalizar novas tecnologias... Nós somos a fonte mais confiável de notícias. Nosso caminho é mais conectado e mais integrado do que nunca”, discursou Smith.

De acordo com o presidente da NAB, os radiodifusores percebem o que a audiência procura e compreendem as novidades tecnológicas para utilizá-las a seu favor.

“Temos que entregar nosso conteúdo do jeito que os consumidores querem no futuro. É importante que nós sempre lembremos que o principal propósito dos radiodifusores é que estamos servindo nossas comunidades locais, ajudando em desastres naturais, nossos jornalistas defendem as ideias da democracia e liberdade de expressão, e, ainda, entregamos tudo isso às nossas audiências de graça”, afirmou.

Sobre a ampliação da capacidade e velocidade da internet, Smith destacou que os radiodifusores americanos não enxergam isso como um problema, mas como uma oportunidade.

“Você pode pensar que o 5G é um problema para nós, mas pensamos que essa é uma oportunidade. A próxima geração de TV é suportada pelo 5G e a evolução da internet. Parabenizamos o Brasil por ser proativo e explorar essas novas tecnologias e a nova geração da TV a favor dos brasileiros”, disse.

O CEO da NAB ressaltou que tirar proveito das novas tecnologias a favor do rádio e da TV está nas mãos dos profissionais do setor e radiodifusores.

“O futuro está aqui. Podemos acolhe-lo, competir com ele ou ele pode nos substituir. As pessoas contam com o que fazemos. Temos um papel indispensável para a manutenção da democracia. Eu descrevo a radiodifusão como indispensável e insubstituível”, concluiu Smith.

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF
+55 61 2104-4600
abert@abert.org.br