Imprimir esta página
Domingo, 18 Novembro 2018 17:22

Nota de Repúdio - proibição de divulgação de conteúdo/caso Marielle Franco

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

logonovo2014

 

NOTA DE REPÚDIO

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) considera grave a decisão do juiz Gustavo Kalil, da Quarta Vara Criminal do Rio de Janeiro, de proibir a TV Globo de divulgar conteúdo do inquérito policial que apura os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, ocorridos em março deste ano.
A decisão fere a liberdade de imprensa e o direito constitucional da sociedade de ser informada sobre um fato relevante de interesse público.


Há oito meses, a população brasileira aguarda a elucidação de um dos crimes de maior repercussão nacional e internacional, e o papel da imprensa é justamente o de informar, com responsabilidade, sobre o desenrolar dos fatos.


A ABERT espera que a decisão seja revista pela justiça do Estado do Rio de Janeiro.


Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão


A ABERT é uma organização fundada em 1962, que representa 3,6 mil emissoras privadas de rádio e televisão no país, e tem por missão a defesa da liberdade de expressão em todas as suas formas.