assbrasilradiotv

YouTube

ABERT.RadioeTV

Facebook

abertbr

Instagram

Notícias

Sexta, 13 Maio 2022 13:00

100 anos do Rádio - Um Rádio Bandeirante

Rate this item
(0 votes)

 

 

Em 6 de maio de 1937, estreava a “Sociedade Bandeirante de Radiodifusão”.

O maestro José Nicolini convenceu José Pires de Oliveira Dias, dono da Drogasil, a investir em rádio. A “Bandeirante”, no singular, nasceu erudita, com talentos como Enéas Machado de Assis, Miguel Izzo, Marcelo Tupinambá, Tito Fleury, Joaquim Carlos Nobre, Plínio Freire de Sá Campello e Mário de Araújo. Um ano depois, quase faliu. 

Foi salva por Octávio Gabus Mendes na direção artística. A Bandeirante virou popular, com radioteatros, esporte, auditório e jornalismo, com cobertura, inclusive, da II Guerra Mundial. Depois Nicolini assumiu o artístico e a “PRH-9” ficou conhecida como “a mais popular emissora paulista”. 

Porém, a conta não fechava. Os sócios venderam a agora “Bandeirantes” aos Machado de Carvalho, donos das Emissoras Unidas, que tinham a Record como principal estação. Em 1947, o grupo vendeu a futura “RB” ao governador paulista Adhemar de Barros. Com divergências entre diretores, o político convocou o genro para colocar ordem na rádio. Era João Saad, que demonstrou talento e logo assumiu a emissora. Começava aí o sucesso do Grupo Bandeirantes de Comunicação.

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF


(61) 2104.4600 (geral) ou 08009402140 abert@abert.org.br

(61) 2104.4604 (jurídico) (juridico@abert.org.br)

(61) 99347.0038 (imprensa) (imprensa@abert.org.br)

(61) 99434-9030 (financeiro) (contasareceber@abert.org.br)

© Copyright 2022 ABERT. Associaçāo Brasileira de Emissoras de Rádio e Tv

Busca