assbrasilradiotv

YouTube

@abertbr

Twitter

abertbr

Instagram

ABERT.RadioeTV

Facebook

Notícias

Sexta, 23 Abril 2021 13:00

Bloqueio de jornalistas nas redes sociais é tema de campanha

Avalie este item
(0 votos)

O bloqueio de jornalistas e demais profissionais no Twitter, plataforma usada por várias autoridades públicas para a divulgação de informações, conta agora com uma ferramenta que fará o rastreamento do impedimento.

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e o site Congresso em Foco lançaram a campanha virtual Bolos Antiblock, ação inspirada nos jornais publicados em tempos de ditadura militar, que divulgavam receitas de bolo no lugar das notícias censuradas.

"De setembro de 2020 até agora, o monitoramento de jornalistas bloqueados por autoridades no Twitter feito pela Abraji registrou 174 casos envolvendo 88 profissionais. Quando isso acontece, limita-se o acesso do jornalista a informações de interesse público, sobretudo quando os perfis são usados para comunicar ações oficiais", diz Cristina Zahar, secretária executiva da Abraji.

Quem acessar a página da campanha será convidado a se conectar em seu perfil do Twitter, para que a ferramenta faça um rastreamento de bloqueios. O sistema gera uma cryptoarte única para cada usuário bloqueado por uma autoridade que exerça mandato. Para permitir o cruzamento de dados, 600 nomes de representantes dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário foram previamente cadastrados.

Para acessar o site da campanha, clique AQUI

 

 

bolos antiblock lowres

Image
Associação Brasileira de Emissoras
de Rádio e Televisão.

SAF Sul Quadra 02 Ed. Via Esplanada Sala 101 - 70.070-600 - Brasília - DF


(61) 2104.4600 (geral) ou 08009402140 abert@abert.org.br

(61) 2104.4604 (jurídico) (juridico@abert.org.br)

(61) 99347.0038 (imprensa) (imprensa@abert.org.br)

(61) 99434-9030 (financeiro) (contasareceber@abert.org.br)

© Copyright 2021 ABERT. Associaçāo Brasileira de Emissoras de Rádio e Tv